Solicitar ou tirar passaporte (brasileiro): agendamento, documentação, valor, validade. Veja o passo a passo.

Primeiro passo para realizar o sonho do viajante: ter um passaporte. Verdade que para viajar pela América do Sul, o RG já é suficiente.

Mas, se você vai viajar para o exterior e já tem o seu, não se esqueça que a validade dele precisa ser de, pelo menos, seis meses, à partir da data de retorno da sua viagem. Caso contrário, você poderá ser impedido de entrar no país destino.

ball shaped blur close up focus
O mundo é nosso!

Nesse caso, você precisa “renovar” o seu passaporte.

Tirar e renovar o passaporte, qual a diferença? Nenhuma. Isso mesmo, a Polícia Federal trata qualquer pedido como “novo”. Você informa no momento da sua solicitação, se possui um documento anterior (veja abaixo).

Lembrete: Ter passaporte e ter visto são coisas distintas. Falaremos de vistos no próximo post 🙂

Parece ser complicado e demorado, mas não é. Bora resolver isso agora? Você não vai gastar nem 10 minutos.

Passaporte brasileiro

Ao contrário do que parece, o valor é bem justo. Em 2019, tirar o passaporte custa R$257,25.

A validade do passaporte brasileiro é de 10 anos.

Pode ser negado? Caso você esteja em débito com a justiça – não votou e não justificou ou não cumpriu suas obrigações com o exército, por exemplo, ou ainda, se seus documentos estiverem em péssimo estado ou muito antigos, vai precisar acertar sua vida antes.

E a dica número 0 é: Não feche sua viagem antes de ter seu passaporte, beleza?

banking business checklist commerce
Vamos aos checklist do passaporte

Passo-a-passo para tirar o passaporte

  1. Documentação necessáriaCertidão de Nascimento (consulta apenas)
    1. Documento de Identidade (RG, CNH ou similar com validade em todo o Brasil)
    2. Passaporte anterior (se houver)
    3. Endereço completo, e-mail e um número de telefone

Hoje não é mais necessário informar dados como título de eleitor ou comprovante de quitação de obrigações militares – os mesmos serão consultados no dia do atendimento.

2. Preencher formulário

Com esses dados em mãos, acesse o formulário de Nova Solicitação de Passaporte. São quatro telas fáceis de preencher.

Nova Solicitação de Passaporte

O que é e onde encontro o ‘Orgão emissor’ do documento de identidade?

Esse é o órgão que emitiu o seu documento. Se for o RG, o órgão é a Secretária de Segurança Pública (SSP), se for a CNH, o órgão é o Departamento Nacional de Trânsito (DETRAN).

Nova Solicitação de Passaporte_tela 2

Depois de revisar, não se esqueça de anotar o número de protocolo.

3. Emitir GRU

Após preenchimento do formulário, o site vai gerar um boleto para pagamento ou GRU. O valor atual é de R$ 257,25. Esse valor não pode ser pago com cartão de crédito, como no caso do visto americano.

Você pode imprimí-lo ou copiar seu código para pagamento pela internet. É importante respeitar a data de vencimento, senão, você terá que começar o processo novamente.

GRU Passaporte
Tá com $$ na mão? Faz vendaval não, TIRA o passaporte

4. Agendar atendimento

Para solicitar o agendamento basta acessar o link de Agendamento Eletrônico com seu CPF, número de protocolo (que foi gerado ao término do preenchimento do formulário) e data de nascimento.

Você vai escolher o posto da PF mais próximo para tirar foto, registrar biometria digital e demais consultas, se necessário. Veja aqui a lista de postos da PF disponíveis.

Seu agendamento terá dia e horários determinados.

5. Consultar andamento

Você pode consultar, cancelar ou reagendar seu atendimento através do link de consulta, também com CPF, número de protocolo e data de nascimento.

Consultar agendamento
Consulte o seu agendamento pelo site

6. Passaporte emergencial

Esse é o passaporte dos “desesperados” que, por algum motivo (e isso não inclui viagem de turismo) não possam aguardar o prazo de entrega padrão. E sim, pode acontecer a necessidade de viajar com urgência e por razões graves e fora do nosso controle.

De acordo com o site da PF, são consideradas emergências:

  • catástrofes naturais;
  • conflitos armados;
  • necessidade de viagem imediata por motivo de saúde do requerente, do seu cônjuge ou parente até segundo grau;
  • para a proteção do seu patrimônio (o que NÃO inclui o mero prejuízo com passagens, hospedagem etc);
  • por necessidade do trabalho;
  • por motivo de ajuda humanitária;
  • interesse da Administração Pública;
  • ou outra situação emergencial QUE NÃO SE PODERIA PREVER, cujo adiamento da viagem possa acarretar grave transtorno ao requerente;
Passaporte emergencial
Passaporte emergencial: só se for emergência mesmo!

Você pode solicitá-lo pelo site, preenchendo o mesmo formulário padrão, porém NÃO precisa agendar, pode diretamente à um posto da PF – com protocolo, documentação comum e a que prove a urgência da sua viagem.

Caso a PF aceite emiti-lo, você receberá uma GRU no valor de R$334,42.

Após fotos e biometria, o prazo para confecção do passaporte é de até 24h úteis.

Esse passaporte tem validade de apenas um ano e não é aceito em todos os países, independente do motivo pelo qual você o solicitou.

7. Dúvidas sobre o serviço de passaporte?

O prazo para retirada do seu passaporte – você o retira – é de 6 a 30 dias corridos.

Atualmente, o atendimento por telefone NÃO está disponível. Porém, no site há uma área de Dúvidas Frequentes.

Agora é só ser feliz…

Sabe quantas páginas tem o passaporte? 32. Haja viagem né? Nelas serão estampados os seus carimbos, vistos e onde você pode “colocar”, também, certificado internacional de vacina amarela, por exemplo.

Aliás, sempre bom deixá-los juntos e bem guardados. Não queira perder seu passaporte em uma viagem!

passaporte novo e antigo.jpg
O passaporte novo e o antigo (até 2017). Esses são meus! O antigo fica com você, só perde a validade.

Agora, já foi o primeiro passo para tirar seus sonhos de viagem do papel. Não espere a viagem “aparecer”, a grana sobrar, a ocasião perfeita… se adiante, faça aos poucos e em breve, o primeiro carimbo estará aí – o meu demorou dois anos, mas eu não desanimei.

Te desejo muitas viagens e carimbos!

Te ajudei? Compartilhe com alguém, isso ajuda o blog a crescer e me diz se estou, ou não, no caminho certo!

Me segue lá no Instagram @toindoatoaoficial 😉

Thaise

 

7 ideias do que fazer se você não vai viajar no feriadão!

Carnaval à porta, alguns amam e outros odeiam! Mas, de qualquer forma, quem pode, quer viajar. Certo? Ainda mais que esse ano não temos muitos feriados para aproveitar, então, qualquer um já é mega esperado.

abstract art beautiful bright
Foto por Pixabay em Pexels.com

Porém, se você não pode, não fique triste. Um pouquinho de ânimo e criatividade e você vai aproveitar seus dias de folga como todo mundo.

Nem vou entrar aqui na dica de Bloquinhos de Rua, até porque não é minha praia e nada entendo rs o que posso dizer é que a programação de todo o país você encontra no app Blocos de Rua Carnaval 2019 – para iOS e Android.

1 – Planejar sua próxima viagem

Pô Thaise, eu pensando que você ia vir com uma baita ideia! Gente, pense… se você tem 5 dias de folga, o que são 2h no computador organizando suas lindas férias?

black camera on white poster
Foto por rawpixel.com em Pexels.com

Que outro dia você poderá fazer isso?

Eu te ajudo com esse post aqui e com vários destaques nos stories do Instagram. Depois que você fizer isso, sobra tempo pra curtir tudo o que quiser.

2 – Assistir séries em que você se divirta e aprenda algo

Se a chuva que ameaça continuar não for embora, essa é uma ótima opção. Você pode unir o prazer de curtir uma boa série e treinar seu inglês, por exemplo.

Assiste uma vez sem legenda, depois outra com legenda em inglês e por último, em português – pra ver o que você realmente entendeu. Enfim, é uma dica de teacher e que eu usei muito para aprender 😉

agree agreement ankreuzen arrangement
Foto por Pixabay em Pexels.com

Junta com alguém e prepare a pipoca e converse sobre a série ou filme falando inglês também.

3 – Alugar uma bike ou patinete

Se você mora em uma cidade em que isso já seja realidade, né? É muito simples e fácil de usar.

Você baixa o app da Yellow, encontra uma bike e coloca créditos (cartão ou dinheiro, nesse caso, nos pontos de venda) na sua conta, para andar. Localiza a bike com o QR Code e já pode ser feliz.

adventure asia backlit bicycle
Foto por Pixabay em Pexels.com

Veja se na sua cidade já está disponível, clicando aqui.

Além disso, já aproveita que está com esse veículo e já engata a dica quatro.

4 – Curtir exposições na cidade

Em São Paulo, pelo menos, isso é algo que nunca falta. Além dessas, tem mais um zilhão pra escolher. Eu iria nas seguintes, se não fosse viajar agora:

Mickey 90 anos – Shopping JK – ingressos à partir de R$35 (estudante paga meia)

i-FpTvfJr-XL-390x520

Rugendas, um cronista viajante (!!!) – Traz conjunto de obras do artista alemão que foi um dos primeiros a retratar o Brasil – Caixa Cultural SP – GRÁTIS

Quadrinhos – “A megaexposição Quadrinhos apresenta uma ampla retrospectiva da 9ª Arte contada através de revistas, artes originais e itens raros dos diversos gêneros das HQs” – R$ 30 – GRÁTIS às terças-feiras.

5 – Visitar alguma fazenda ou procurar uma cachoeira grátis

Tem coisa mais gostosa que área verde, comida boa e uma queda d´água, se estiver calor?

No Google, se você procurar, você acha. Em São Paulo, recomendo uma cachoeira na região do ABCD e uma Fazenda, também com cachoeira.

Em São Bernando do Campo, tem a Cachoeira da Torre, que fica na famosa Estrada Caminho do Mar, que vai até Cubatão – aliás, que também vale a visita.

DSCN8583-225x300
Foto: Coco do Mato

Em Caieiras, você pode visitar a Fazenda Maravilha, fica próximo ao Parque Estadual da Cantareira. Tem reserva de Mata Atlântica, dá pra ver alguns bichinhos, curtir algumas trilhas e tomar um bom banho de cachoeira também.

cachoeira-do-sagui-fazenda-maravilha
Foto: Passeios baratos em SP

Agende a visita pelo telefone (11) 99749-1724. Terça à Domingo das 9h às 18h.

6  – Subir um pico pra ver o nascer (ou pôr) do sol

Junte alguns amigos, ou não, procure um pico em sua cidade – que seja seguro – e vá contemplar essa obra linda que é ver o nascer ou o pôr do sol.

Uma das melhores experiências pra se ter na vida. É um tempo de descanso, de contemplação, de se alegrar com a obra de Deus. Se for no por do sol, de repente pode rolar até um piquenique, não?

IMG_6472

“Nunca houve uma noite, ou um problema que pudesse derrotar o nascer do sol ou a esperança.” Bern Williams

IMG_6485

Você pode procurar algum até em outra cidade, ou algo mais radical, MAS contrate um guia. Normalmente, as diárias são super acessíveis para grupos. Não faça nada sem antes consultar quem entenda! 

7 – Reúna os amigos que também não vão viajar

Saiam para conhecer e fotografar os grafites da cidade. Vá conhecer um terraço bacana, tomar algo, jogar conversa fora.

Assista um filme ‘não-americano’ em algum espaço cultural.

Conheça um café novo e coma algo que você nunca comeu.

adult bar cafe city employee
Foto por Tim Gouw em Pexels.com

Faça um café em casa e chame o pessoal só pra cantar, conversar ou qualquer coisa.

E aí? Qual dica vai servir pra você nesse Carnaval?

Só não volte ao trabalho sem ter, pelo menos, curtido um merecido descanso! Afinal, é de Deus descansar.

Bom feriadão e até mais!

Bjs

Thaise

 

 

 

 

5 dicas para planejar as viagens em 2019

É, o ano nem acabou e já estamos planejando viagens (ou qualquer outra coisa) para 2019? Sim, já dizia um filósofo contemporâneo por aí “Não planeje vingança, planeje viagens”.

Nesse breve texto, vou compartilhar 5 dicas para você planejar suas próximas viagens da maneira mais fácil e barata possível. E vale para qualquer viagem, desde as de fim de semana até às sonhadas férias em Acapulco.

1 – Veja seu orçamento

Você já pensou em quanto gostaria de gastar antes de começar a pensar na viagem? Não? Além de te ajudar a decidir o local, por eliminação, ainda te poupa diversos gastos desnecessários ao longo dela. Estipule o montante que você vai utilizar e faça o possível para encaixar o “sonho” nele. Eu sugiro que sente pelo menos um dia só para fazer e curtir esse planejamento todo.

2 – Como escolher para onde ir?

Essa é a tarefa mais complicada – escolher o destino, especialmente se o orçamento está mais gordinho. Depois de ter decidido o orçamento da viagem, o ideal é você anotar os 5 lugares que você mais gostaria de ir – seja ousado, vá até à Lua. Se fizer uma lista com mais de cinco, pode ser que continue difícil. Depois, naquele buscador famoso, digite um a um e veja se a época desejada é boa para visitar o lugar. Elimine da lista os que já não se encaixam. Em seguida, busque saber quais têm o melhor custo x benefício, faça as pesquisas de passagem aérea e hospedagem para todos os locais e veja qual sai mais em conta para a data escolhida. Lembrando que, nem sempre a mais barata é a que agrada mais, vá de acordo com a sua prioridade + orçamento e seja feliz!

Quanto mais flexíveis forem suas datas, mais chances de conseguir melhores preços.

Onde buscar as passagens? Eu recomendo o Skyscanner e o Kayak, além do app Passagens Imperdíveis, para ficar de olho em promoções relâmpago.

Como juntar pontos Multiplus e viajar mais em 2019?

E as hospedagens? Gosto muito do Booking.com e do Trivago. E para quem vai em mais de duas pessoas, o AirBnb super compensa.

E lembre-se de sempre pesquisar na janela privativa.

3 – Como decidir a melhor época para viajar?

Isso é bem relativo, porque tem lugares para todas as épocas nesse mundo de meu Deus. Porém, é muito fácil conseguir passagens baratas mas, ao chegar ao destino, descobrir que era época de seca ou cheia, de tempestades ou furacões ou ainda, de quase nada funcionando.

Então, decida o destino e se há passeios específicos e procure saber se a época é apropriada para ver o que você deseja. Por exemplo: Salar de Uyuni com chuva? Vá no verão; ver Baleias na Bahia? vá entre Agosto e Novembro; Água nas lagoas dos Lençóis Maranhenses? Visite o site oficial do parque.

Eu descubro essas informações falando com pessoas que moram no local, entro em contato pelas redes sociais ou falo com quem já foi. Infalível! Nada mais frustrante do que visitar um lugar dos sonhos e não aproveitar.

4 – Descubra detalhes sobre o destino

Precisa tomar alguma vacina específica? Precisa de visto? E o seguro viagem? Qual moeda levar? O aeroporto ou rodoviária é longe da hospedagem? O traslado é necessário?

Esses são detalhes que costumamos deixar para a última hora, mas não deveríamos. É  tão bom ter tempo para fazer tudo, não é? Então verifique tudo isso no “dia do planejamento”. Sabemos que o custo de uma viagem não está apenas em passagens e hospedagem, logo, todas essas coisas podem te custar tempo e também, dinheiro.

5 – Como gastar menos ao chegar lá?

Se você, assim como eu, quer viajar mais de uma vez ao ano e de preferência, sempre sem gastar muito, algumas dicas são úteis:

Procure pelo Free Walking Tour no destino – são grupos de voluntários que saem com turistas para conhecer a cidade e sua história, caminhando. Todos são bem-vindos, e em geral, há tours em inglês e espanhol, no exterior, e em inglês e português, aqui no Brasil. Cada participante paga o que achar justo ao final do tour, sem obrigações.

Eu mesma já fiz em: São Paulo, Curitiba, Buenos Aires, Madrid, Londres, Paris, Cidade do Cabo, Amsterdã e muitas outras cidades que visitei tinham, mas eu acabei não aproveitando.

Fuja dos pontos turísticos: Claro que ninguém vai ao Rio e não vai ao Cristo (haha eu já fui mais de 10x e nunca subi, confesso!) ou à Paris e não quer ver a Torre Eiffel, claro. Mas, se você conversar bem com moradores locais, até mesmo nos hotéis, táxis e restaurantes, pode descobrir lugares lindos e exclusivos, muitas vezes, gratuitos.

Exemplos: Piscinas Naturais em Ilha Bela/ SP, o bairro boêmio de Montmartre, em Paris, Atins no Maranhão, Perobas no Rio Grande do Norte, pra falar de alguns que eu já fui.

Coma onde os moradores comem: se tem uma coisa que eu não aceito é sugestão de restaurante pra turista – ODEIO rs – além de caros, em geral, tem comida sem graça e estão sempre cheios. O brasileiro gasta, em média, 25% do orçamento da viagem só com comida, é muito! Por isso, é bom colocar isso no planejamento sim, principalmente, se você come como eu 🙂

Pergunta (a menos que você tenha muita grana e com certeza não estaria lendo esse post rs) para o recepcionista do hotel, para um morador, para o atendente do supermercado e você vai ver o que é comida boa e barata. Além disso, sempre é possível visitar aquele supermercado mara e fazer sua comidinha. Que tal?

Quando fiquei em Londres por um mês, em 2017, almocei e jantei muitas vezes a comida ou lanches do Supermercado Tesco. Eram comidinhas muito gostosas e super baratas – cheguei a pagar £2 por um sanduíche bem farto. Não tenha medo de procurar!

person writing on white book
Foto por rawpixel.com em Pexels.com

Bom, sei cada um tem seu estilo de viagem e eu apenas tentei mostrar um pouquinho de como eu faço. Tudo pode ser adaptado! Espero que tenha sido útil e que facilite as próximas viagens de vocês. Compartilhe com os seus amigos e bora viajar muito em 2019!

Vou deixar aqui os links dos sites que uso para minhas pesquisas:

Skyscannerhttps://www.skyscanner.com.br/

Kayakhttps://www.kayak.com.br/

Trivagohttps://www.trivago.com.br/

AirBnbhttps://www.airbnb.com.br/c/thaisec?currency=BRL – USE ESSE LINK E GANHE R$ 130 DE CRÉDITOS EM SUA PRIMEIRA RESERVA!

Booking.com  – https://www.booking.com/s/13_6/79d89ce9 – Nesse link você ganha R$40 de créditos na reserva e eu ganho também.

Quanto Custa Viajarhttps://quantocustaviajar.com/ – Nesse site, é possível fazer pesquisas de média de valores que você vai gastar por dia, em qualquer destino.

Seguros Promo – cotação e compra de seguros viagem – www.segurospromo.com.br/p/toindoatoa/parceiro – Comprando nesse link, eu recebo uma comissão que não altera em nada o valor que você paga ao final. Sempre posto no Instagram quando há descontos ou promoções, fique ligado!

Melhor Câmbio – cotação e compra de moeda – https://www.melhorcambio.com/

Se tiver perguntas ou dicas de como você costuma planejar, só deixar nos comentários abaixo, prometo ler e responder.

Bjos e bom ano novo para todos!

Thaise (@toindoatoaoficial)

 

 

 

 

 

Como juntar pontos Multiplus e viajar mais em 2019?

Juntar pontos e milhas parece difícil, não? Mas, com um pouquinho de paciência e algumas leituras ou vídeos, você consegue e ainda tira onda ensinando os amigos e a família.

Por que vou falar só de Multiplus? O fato de eu apenas usar esse programa é o maior motivo, não curto falar de algo que eu não conheço.

Afinal, o que é esse tal de Multiplus?

É o programa de pontos e milhas da Latam. Esse programa consiste em converter os seus ‘dinheiros’ gastos as suas compras do dia a dia, nos parceiros do programa e até na própria Latam, em pontos, que juntos podem ser trocados por diversos produtos e serviços. Entre eles, os mais queridos e motivos desse post – passagens aéreas, hotéis e tudo relacionado à viagem.

Por onde começo?

Simples. só acessar o site do programa – http://www.pontosmultiplus.com.br e se cadastrar. O seu CPF será o seu número Multiplus, o que facilita a vida na hora de informar o mesmo no final de cada compra.

O site solicita apenas sua data de nascimento, nacionalidade e número do CPF, em seguida, os dados pessoais básicos, como endereço, e pede que você leia o regulamento (vê se lê né?!)

Como começo a juntar os pontos?

O segredo para juntar todos os pontos possíveis é SEMPRE acessar o site da Multiplus e dentro dele buscar o site do parceiro que procura. Vou colocar aqui o meu exemplo real de hoje:  Quero comprar uma mochila de hidratação de 2L, para trilhas e sei que a Netshoes e a Centauro vendem esse tipo de produto e são parceiras do programa (você pode consultar todos os parceiros em: https://www.pontosmultiplus.com.br/junte/busca)

Pesquiso o nome da loja na barra de pesquisas do site:

multiplus 1

Veja que lindo: hoje, cada real gasto vale 4 pontos no programa e isso é muito bom, normalmente essas lojas oferecem 1 ou 2 pontos, no máximo.

multiplus 2

Ao clicar sobre o banner (esse que mostra a pontuação), o site da Multiplus te levará ao site da empresa – no caso, a Centauro – e lá você pode fazer suas pesquisas e efetuar sua compra:

multiplus 3

Se você prestar atenção às informações da esquerda, vai poder conferir até quando aquela pontuação é válida, porque como falei ali em cima, as empresas costumam oferecer uma pontuação padrão e, às vezes, faz uma promoção ou ação para quem é cliente Multiplus. Para esse caso, posso fazer a compra até 22/11/2018 e ganhar os 4 pontos por Real. No mesmo lugar também, tem a informação do prazo para que os pontos sejam creditados na sua conta.

O cadastro na loja em questão continua sendo válido e necessário, o site da compra vai solicitar independente de estar logado no site da Multiplus 😉

Fiz a pesquisa do produto e efetuei a compra. No caso desse site, ele já leu meu cpf lá no momento do meu login para compra. Em alguns sites é necessário, fique de olho ao finalizar a sua compra.

multiplus 4

Para essa compra então, eu ganhei 650 pontos – o arredondamento é para mais ou menos, de acordo com as regras da matemática haha.

Lembrando que, os pontos são multiplicados pelo valor do produto e isso não inclui valor pago por frete, ok? Não se esqueça 🙂

Será que vale a pena mesmo, Thaise?

Bom, minha indicação é que tudo que a gente faça nessa vida seja ‘friamente calculado’, já alertava Chapolin. Por exemplo, se você já precisa ou vai comprar algo de qualquer jeito, porque não aproveitar essa compra e ter um bônus com ela?

Eu não recomendo comprar o produto mais caro nos parceiros só para ganhar pontos. Eu sempre pesquiso em várias lojas antes de fazer a compra, muitas vezes consegui os melhores preços nesse programa – como essa mochila, a geladeira, o cooktop e o micro-ondas. Também consegui um smartphone ano passado, com bom preço, em um dos parceiros.

Você só mostrou a parte fácil e boa, qual a ruim?

Todos sabemos no Brasil da fama da Latam, não é mesmo? Pois bem, esse programa é apenas para troca de passagens Latam. Essa é a parte ruim (vê-se que não estou ganhando nada com esse post, a não ser ver você viajando mais ano que vem!).

De fato, é complicado ficar ‘preso’ à apenas uma empresa, mas considerando que o queremos mesmo e queremos agora é viajar, o que importa? Pense que eles tem mais de 1000 rotas e isso é muito bom para quem quer rodar o mundo.

Sendo assim, você também acumula pontos comprando suas passagens aéreas pelo site da Latam – não esqueça de entrar pelo site da Multiplus ein!

Comprei uma passagem antes de me cadastrar, e agora?

Não tem problema bebê! No site da Latam você encontra uma forma de solicitar os pontos dos seus voos recentes.

  • Você precisa esperar 7 dias após o voo
  • Você precisa informar o número dos seus voos (a cia aérea sempre envia para nosso e-mail, fique calmo)

Basta acessar: https://www.latam.com/pt_br/latam-fidelidade/como-ganhar-mais-pontos/pontos-em-voos/como-solicitar-pontos-de-voo/ e solicitar.

Depois é só aguardar 7 dias úteis para os pontos serem creditados.

E eu posso acelerar o processo?

Se você é ansioso como eu rsrs e tem planos mirabolantes para o futuro próximo e quer usar esses pontos mas, não pretende comprar tanto para juntar os mesmos, você pode aderir ao Clube Multiplus.

multiplus 5.png

Nada mais é do que uma mensalidade, paga no cartão de crédito, para que você possa receber mais pontos mensalmente – digamos que pode ser uma ‘poupança’ para pessoas que não tem a disciplina de investir sempre para viajar depois.

Se eu recomendo? Só posso dizer que eu prefiro investir bem meu dinheiro e então, aproveitar qualquer promoção que apareça no caminho. Uma coisa importante a se pensar é: se eu comprar os pontos que ainda preciso para completar os que já tenho para a viagem ‘x’, sai mais ou menos caro do que assinar o Clube por um ano todo? Será que vou viajar tanto assim para gastar 120 mil pontos por ano, por exemplo (para quem comprar o Clube 10.000)?

Não pretendo dar dicas de finanças aqui hihihi, mas fica a dica pra quem quiser…

Outra forma de ganhar mais pontos sem comprar nada é o Game Multiplus. Quando você acessa sua conta, no perfil mesmo, você pode encontrar quais games o programa está oferecendo. Você executa a tarefa e ganha os pontos. Hoje, tem disponível:

multiplus 6

São alguns games e costumam ficar bastante tempo no ar. Para quem vai se cadastrar agora, o game da direita é justamente um ganha pontos muito simples – baixe o app e faça login e ganhe 100 pontos. Baba, vai?!

multiplus 7

Os banners dos jogos mostram a validade da brincadeira e ao clicar em PARTICIPAR, você consegue ler as regras do jogo e aí é só começar.

Eu já fiz todos!! Afinal, não me custou nada rsrsrs Só nos games disponíveis hoje, você já pode ganhar até 4100 pontos.

Validade dos pontos

Para quem não é parte do Clube Multiplus ou Multiplus Itaúcard, onde os pontos duram para sempre, os mesmos valem por 2 anos, à partir da data do crédito dos pontos.

Você até pode renovar seus pontos, mas o programa cobra uma taxa e aí deixa de ser vantajoso. Se programe! “Não deixe o ponto morrer, não deixe o ponto acabar”

Vou fazer mais dois posts sobre esse assunto, para não ficar insuportável de ler. Enquanto isso, vai lá, se cadastra, conheça os parceiros e planeje as próximas compras pensando nisso. No próximo post, vou falar sobre os pontos gerados pelo cartão de crédito e Km de vantagens do Posto Ipiranga e por fim, no terceiro post da saga, falarei de detalhes das viagens com esses pontos.

Gostou?! Curte, comenta, deixe uma sugestão, xinga não e compartilha.

Bjs e até a próxima!