5 dicas para sair da rotina sem jogar tudo para o alto

Você acha incrível esse papo de ‘larguei tudo e caí no mundo’? Acha que isso é maravilhoso, mas não pra você?

Nem todas as pessoas querem ser nômades, viajantes compulsivos ou viver dormindo em camas que não as suas, certo? Então, aprender a administrar melhor a sua rotina e fazer dela sua aliada sem ter que largar tudo para isso é algo que você precisa começar a fazer. Assim, viajar mais e melhor poderá ser possível, sem que você tenha que mudar toda a sua vida.

Comecei a fazer pequenas viagens um mês após perder meu pai em 2016 – isso com 30 anos, ok? Foi uma época extremamente difícil de encarar, minha saúde não estava em dia – especialmente a emocional – e eu sentia a necessidade de fazer algo novo, mas que me permitisse continuar cumprindo com as minhas responsabilidades. Viajar se tornou uma espécie de terapia e foi juntamente com a bondade de Deus, que pude passar pela fase do luto com certa “paz”.

Um dia resolvi jogar no Google – “trilhas de um dia em SP”, porque eu já havia feito algumas pequenas antes e achei que fosse boa ideia. Entrei em vários sites e depois de um tempo encontrei uma empresa que levaria à uma trilha de um dia, em Extrema/ MG, cujo valor cabia no meu orçamento. Eu não tinha companhia, também não tinha nem ideia de como seria a caminhada, além de estar bem sedentária.

Dica 1 – Não se prenda à falta de companhia se você sabe falar e se locomover!

No dia marcado, encontrei todos no metrô em São Paulo e seguimos em um carro só. Éramos o guia e mais cinco mulheres aventureiras, ah! e um cachorro. Me senti em casa! Conversamos muito sobre natureza, viagens e estilo de vida e ali já fui percebendo o quanto aquilo era bom. A Thaís (à direita da foto abaixo) se preparava para subir o monte Kilimanjaro, na Tanzânia, aos 61 anos. Pasmem!

Fiz duas novas amigas nesse dia e agora, estamos planejando a viagem de férias de 2019, que será digna de um filme de Hollywood! Pega essa dica…

DSC06483.jpg

Dica 2 – Não espere o dia perfeito, condicionamento perfeito, diversão perfeita ou guarda roupa perfeito para começar a fazer algo novo.

Fui super preparada para a subida, tinha bota e mochila – e mesmo que eu não as tivesse, eu teria ido; comidinhas, água, pau de selfie ha ha. Foi muito mais “fácil” do que eu imaginei, mas muito mais delicioso do que eu esperava. Nesse dia eu vi que estava fazendo um bem enorme ao meu corpo, ao meu coração e à minha mente e Deus sabe o quanto eu precisava.

DSC06503

Dica 3 – Não espere encorajamento de fora para mudar certas rotas

Ter escolhido a trilha para reiniciar meu corpo foi um instinto, por algum tempo, por mais lindo que fosse, eu achava um peso subir montanha, carregar mochila, torrar ao sol, mas de alguma forma, eu me adaptei e hoje não sei ficar muito tempo sem isso.

Acho que todos nós conseguimos eleger um hobby se quisermos, não precisa ser algo grande, difícil ou que demande muito dinheiro. Para mim, vale mais a disposição do que qualquer outra coisa. O desejo de sair da inércia de trabalhar – reclamar – comer – dormir – repete tem que partir de nós.

Dica 4 – Faça alguma coisa pela primeira vez sem ter que agendar

O foco desse primeiro texto não é falar da trilha em si, mas do ato de levantar do sofá e dar um basta na mesmice. Acredito que nós somos infelizes e sabemos, sim! Imagina que perfeito você conseguir se organizar, trabalhar, estudar, comer bem, dormir o necessário, pagar as contas, ver filmes e ainda por cima, conseguir se divertir mesmo sem estar de férias?

“Ah Thaise, você por acaso faz isso tudo?”. Sim, eu faço. Sou perfeita na regra? Não tenho regras. Eu criei um hábito de não aceitar que minha vida seja só o círculo vicioso e ao longo do tempo, consegui levar isso para muitos amigos que queriam, mas também não conseguiam. E se eu consegui, todo mundo consegue, porque sempre fui a rainha da indisciplina.

Hoje, com a internet, a gente encontra lazer e companhia a qualquer hora do dia e da noite, em quase todo lugar do mundo. Você já pensou em sair de casa de patins – aquele encostado – e conhecer o parque que fica na sua rua? Já pensou em acordar mais cedo só pra passar naquela padaria maravilhosa e comer sem pressa? E por acaso, já parou para se testar em uma corrida de 5 km que seja? E já foi fotografar os grafites do seu bairro?

Dica 5 – Se não tem quem faça, faça você!

Depois dos pequenos passos, fui gostando tanto disso que não queria mais só conhecer o que tinha por perto, não queria só o “bate e volta” mais. Eu percebi que as agências de viagens e excursões, além de cobrar mais caro por tudo, levavam pessoas demais e isso acabava com a experiência (e com o descanso também). Era tanta gente envolvida que era difícil manter um relacionamento com mais de uma ou duas pessoas e se organizar quanto ao tempo necessário para aproveitar tudo.

Percebi que moro numa região privilegiadíssima – Sudeste – e que, se eu quisesse, poderia me divertir só por aqui mesmo, por um bom tempo.

Foi aí que comecei a criar meus roteiros por conta própria – em SP, MG e RJ – pesquisar todos os custos envolvidos e apresentar isso para as pessoas que eu conhecia. Daí surgiram diversas viagens, muitos novos amigos, gastos bem menores – porque dividir um carro por cinco pessoas é bem melhor melhor do que em uma só – e mais do que isso, experiências de viagem e parcerias que dinheiro não paga.

20160710_105953

Hoje já são 8 países, mais de 20 cidades e quatro viagens sozinha – isso em apenas dois anos. Tudo porque em um dia ruim eu resolvi mudar de postura. Portanto, pode trabalhar, estudar, não precisa vender tudo o que você tem para ser feliz. Basta saber dar um basta no que não te serve mais!

Essa trilha eu fiz com a Bioventura Ecoturismo e as fotos são deles também. Recomendo!

Se quiser mais dicas de viagem, economia, aventura, encorajamento curiosidades e afins, fica de olho aqui no blog e no meu instagram.

Se gostou, acaricia a estrela aí embaixo e deixe seu comentário pra mim!

Obrigada por ler até aqui 🙂

Thaise (@toindoatoaoficial)

 

 

Anúncios

Autor: Tô Indo à Toa - por Thaise Caires

Paulistana, curiosa e faço de tudo um pouco! Gosto de dar dicas e quiçá, compartilhar experiências sobre sair da rotina sem ter que viver a vida de outra pessoa. Viciada em café, dança e subir montanhas :) Compartilho tudo de viagens no meu Instagram @toindoatoaoficial. Segue lá!

2 pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s